Depoimento de Mel Brazuca

Parei de comer carne há menos de um ano, eu não pensava sobre a dor dos animais eu na verdade nem lembrava que a coxinha era antes de ser coxinha um ser vivo com emoções e particularidades… a carne era como algo encoberto eu não pensava da onde surgia eu apenas comia como se estivesse cega para a verdade,um dia eu li o livro do osho e tinha uma parte sobre vegetarianismo e foi como se eu acordasse pra vida foi um banho de realidade do qual eu não vou me esquecer nunca, minha vida foi dividida em 2 antes de parar de contribuir com a dor e depois, eu ainda colho os frutos dessa verdade libertadora e o caminho é sem fim… estou caminhando para o não consumo de nada derivado dos animais como leite ovos etc… e sei que vou conseguir.

“A mente que se abre a uma nova idéia jamais volta ao seu tamanho original.” Albert Einstein

Escreva seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *